25/08/2012

Torta de morango

Obs: AMIGOS, devido a um problema no Blogger precisei fazer um novo perfil, se eu sumi do seu perfil de seguidores, não se preocupe, estou visitando cada blog para restabelecer contato.



Essa torta tem algumas etapas, mas é fácil e TODOS que comeram até hoje aprovaram (e muitos, repetiram...)
Imagem by Vinícius Pinehiro - Flickr


Ingredientes:


  • 1 pacote 200 gramas de biscoito tipo Maria ou maisena
  • 3 colheres de sopa cheias de margarina
  • 1 lata ou caixa de leite condensado
  • a mesma medida de leite
  • 1 colher de sopa cheia de maisena
  • 1 pote de 350 gramas de nata (creme de leite de mesa)
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 caixa de morango
  • 1 caixa ou pacote de gelatina de morango

Preparo:

Coloque a gelatina em uma xícara grande, de 300 ml, e acrescente água fervendo. Dissolva o pó e leve para gelar na geladeira. Ligue o forno em temperatura média. Bata o biscoito no liquidificador. Em uma tigela, junte a margarina e misture com a ponta dos dedos, até fazer uma farofa úmida. Unte uma fôrma redonda média e cubra com a farofa, apertando para ficar como uma massa. Leve ao forno por uns 15 minutos, até começar a dourar nas bordas. Reserve. Em uma panela, junte o leite condensado, o leite de vaca e a maisena, misture bem e leve ao fogo, mexendo até ferver e engrossar. Despeje sobre a massa e reserve na geladeira. Quando esfriar, bata a nata com o açúcar na batedeira até engrossar, com ponto de suspiro. Às vezes demora um pouco. Atenção: não bata demais, senão vira manteiga e não pode mais ser usado. Deite sobre a massa fria, a quentura derrete a nata. Leve para a geladeira. Lave bem os morangos, corte em fatias ou ao meio e salpique com uma colher de açúcar. Deixe descansar por 15 minutos e cubra a nata, arrumando de forma decorativa, sem o caldo. Para cobrir, fique atento à gelatina: O ponto é quando fica com consistência de clara de ovo. Quando atingir esse ponto, distribua cuidadosamente sobre os morangos e leve para gelar até servir.

Dicas:

  • O ponto da gelatina é importante. Mais dura que isso fica em pedações, não dá o efeito decorativo. Líquida, penetra na nata e não forma uma camada lisa.
  • Não use a nata sobre o creme quente, ela derrete e não há mais o que fazer.
  • Use uma colher de sopa cheia de maisena, o creme deve ficar encorpado. Se ficar muito líquido, desmancha na hora de cortar.

Printfriendly